terça-feira, 23 de janeiro de 2007
A Nova Cultura Urbana Cuiabana





Como e pra quê os sujeitos devem aprender artes?



Resolvi tornar público esse questionamento, que faço a mim, todos os dias, especialmente nos dias de shows aqui em Cuiabá. Arte é entender de forma diferente, e utilizando meios(recursos, linguagens, materiais e técnicas) concretizar essa concepção e democratizá-la.O "artista" se destaca por pensar diferente, e sentir na obrigação de expressar-se, ao contrário dos demais que guardam suas subjetividade, seus sonhos... O problema é que desde o início dos tempos, a concepção de arte é desigual e Elitizada, a idéia de Arte está intimamente atrelada ao poder. É o poder quem define quem faz arte e quem não faz, o que é arte e o que não é... Então a Arte por si só não é Arte. A obra depende, além das milhões de exigências técnicas, materiais, conteúdo, ainda precisa ser reconhecida como arte dentro desse sistema desumano e competitivo que vivemos, onde serve para a reafirmação e manutenção do poder, e para a centralização e domínio das habilidades artísticas comunicacionais.Porém, qualquer pessoa pode fazer arte, porque, arte nada mais é que uma linguagem mais elaborada, livre e direcionada a causar sensações.Mas, mesmo se tratando de uma vertente livre do conhecimento, o que faz ainda os Fóruns de Cultura se transformarem numa tortura? O que faz o Músico que se dedica a música, um técnico?O que faz as Bandas nas articulações em torno da música, robôs?Penso que seja justamente a concepção antiga e dominadora do conhecimento. Acho que pode ser a idéia do equilíbrio pelo desequilíbrio. Ou também do ENQUADRAMENTO das artes ao sistema, gerando as limitações, logo reflexões, e manifestações...Não sei. Só sei que não cabe mais HOJE, um estudante universitário, ficar 20 horas por semana estudando música e não ser valorizado por isso.Pra quê essa violência com o ser humano?



Anselmo Parabá

4 COMENTÁRIOS:

Anônimo disse...

Muito Boa Iniciativa
é desse tipo de trabalho
que Cuiabá precisa

Marcos

ana paula disse...

acredito que essa teorização a respeito da arte é válida, e todos sabemos que a história da arte é a história da arte elitista (não a diminuindo ou desvalorizando por isso). mas tenho pensado muito nas manifestações que grupos populares vem realizando a algum tempo. e alguns grupos realmente alcançam aquilo que se pode chamar de arte.
essa iniciativa não só é elogiável, como óbviamente é a ferramenta mais forte pra conter o desequilíbrio que temos que suportar como ser humano pleno dentro da sociedade. podem contar comigo.

SIRLEY DE OLIVEIRA! disse...

baita iniciativa que só podia ser dessa da galera mais ...talentosa da city!...o mandala não é soul´!!é SHOW!
parabéns a todos!pela iniciativa,cuiabá precisa de pessoas como vcs..pra não matarem a nossa arte!!!
sucesso a todos!

osvaldo disse...

Texto muito bem escrito. Pensamentos muito bem colocados, em concordância com o que penso.
Estamos cercados de idiotas, mas somos sempre socorrido pela Arte, especialmente Artistas.
Parabéns a todos envolvidos direta ou indiretamente a este trabalho.
Brinde ao sucesso!